JSN ImageShow - Joomla 1.5 extension (component, module) by JoomlaShine.com
Inicio
Orgãos Sociais tomam posse

asstas_bienio_012_013.jpgRealizou-se, no passado dia 15 de Maio, a tomada de posse dos órgãos eleitos da Associação dos Serviços Sociais dos Trabalhadores das Autarquias do Seixal (ASSTAS), para o biénio 2012-2013, na sequência do processo eleitoral decorrido a 27 de Abril. É uma nova equipa, mas composta por pessoas com muita experiência, que trabalhará numa base de compromisso com os objectivos que vierem a ser definidos, de abertura e dialogo com os trabalhadores e associados.

Os membros dos órgãos sociais assumem como compromisso de mandato o assegurar da sustentabilidade financeira da associação, dando continuidade e aprofundando medidas de gestão tomadas no sentido da manutenção do controlo sobre a dívida, rentabilização dos equipamentos e optimização dos recursos humanos e materiais, numa lógica de qualidade, eficácia e eficiência.

Um dos grandes objectivos consiste em restaurar os benefícios e comparticipações sociais, objectivo este associado directamente à génese de associações da natureza da ASSTAS. A situação financeira da Associação obrigou à sua suspensão, pelo que serão desenvolvidos todos os esforços, no sentido de voltar a disponibilizar esse tão importante apoio aos associados.

Assume aqui importância fundamental trabalhar no sentido do auto-financiamento, através da diversificação das fontes de receita e fortalecimento das actuais, com particular destaque o processo de equiparação da ASSTAS a IPSS, por forma a beneficiar de apoios por parte do Estado bem como formalizar candidaturas a programas e fundos comunitários.

Sem nunca perder de vista os as expectativas dos associados, a acção da ASSTAS continuará a pautar-se pelo desenvolvimento de diversas iniciativas, continuando a dinamizar as secções desportivas, bem como aumentar a oferta de actividades culturais, sociais e lúdicas, dedicando especial atenção aos associados aposentados.

Nesta linha de actuação, a ASSTAS entende ser necessário, por um lado, consolidar o que tem vindo a ser desenvolvido e por outro, aumentar paulatinamente o número de associados, contanto para tal com a participação e apoio de todos na realização deste projecto da maior importância colectiva.